Blog

Alunos do Curso técnico promovido em parceria da APER, SENAI/CTGAS-ER e WestNetz recebem certificados de conclusão

Alunos do Curso técnico promovido em parceria da APER, SENAI/CTGAS-ER e WestNetz recebem certificados de conclusão

No último dia 23 de novembro, no auditório da sede do SENAI/CTGAS-ER, alunos do curso técnico de Instalação de Sistema de Microgeração Solar Fotovoltaica receberam os certificados de conclusão. O curso, com base no modelo alemão de instalação de sistema solar fotovoltaico, foi conduzido pelo SENAI CTGAS-ER, sob a supervisão de especialistas da Alemanha da empresa WestNetz, a partir da parceria com a APER. Ao todo 11 alunos, colaboradores de empresas associadas da APER, receberam das mãos da professora, Jeane Kelly Oliveira, e do diretor de relações institucionais da APER, Williman Oliveira, os certificados.
Brasil ultrapassa 22 GW de energia solar e prevê passar potência de eólicas

Brasil ultrapassa 22 GW de energia solar e prevê passar potência de eólicas

O Brasil ultrapassou em novembro uma nova marca histórica na potência instalada de energia solar, alcançando 22 gigawatts (GW) com a soma da capacidade das usinas de grande porte aos sistemas de geração própria de energia elétrica em telhados, fachadas e pequenos terrenos, o equivalente a 10,8 %da matriz elétrica do País. Segundo mapeamento da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), de janeiro ao início de novembro deste ano, a energia solar cresceu 59,4%, saltando de 13,8 GW para 22 GW.

A expectativa é de que em breve a fonte ultrapasse a capacidade instalada da energia eólica, atualmente em 23,2 GW, passando assim à segunda posição na matriz elétrica brasileira.

"Nos últimos 150 dias, o ritmo de crescimento tem sido de praticamente 1 GW por mês, o que coloca a fonte na terceira posição da matriz elétrica brasileira", informou a Absolar. O crescimento, porém, vem sendo impulsionado pela geração própria de energia. São praticamente 15 GW de potência instalada da fonte solar, o que equivale a investimentos de cerca de R$ 82,9 bilhões desde 2012, quando essa energia começou a crescer no País. Já a fonte solar centralizada, representada por grandes projetos adquiridos em leilão de energia do governo, somam 7 GW de potência instalada, ou investimentos de cerca de R$ 31,2 bilhões.

APER presente no Fórum de Energias Renováveis 2022

APER presente no Fórum de Energias Renováveis 2022

O futuro das energias renováveis foi discutido durante dois dias, 8 e 9 de novembro, durante o Fórum de Energias Renováveis, realizado no centro de eventos do Hotel Holiday Inn, em Natal. A APER – Associação Potiguar de Energias renováveis esteve presente como parceira e na programação, apresentando em um dos painéis a evolução da energia solar distribuída no Rio Grande do Norte e os benefícios do associativismo.

O Fórum reuniu especialistas na área, empresários, prestadores de serviços e representantes de instituições públicas e privadas para debaterem os rumos do setor e definir uma política de transição da matriz energética do país. A programação contou com palestras e painéis simultâneos em duas arenas: Arena Solar e Arena Eólica.

Banco do Nordeste e APER realizam treinamento com associados para garantir agilidade nos financiamentos em energia solar

Banco do Nordeste e APER realizam treinamento com associados para garantir agilidade nos financiamentos em energia solar

 

O Banco do Nordeste – BNB realizou na sexta-feira (14), em sua sede no bairro do Tirol, um treinamento sobre o uso da plataforma online e PCE, com os representantes das empresas associadas da Associação Potiguar de Energias Renováveis – APER. O objetivo será agilizar o processo de cadastro, aprovação e liberação dos créditos por parte dos clientes das empresas associadas à APER em todo o estado do Rio Grande do Norte, tanto pessoas físicas quanto jurídicas.

Como funciona a linha de crédito para energia solar da Caixa?

Como funciona a linha de crédito para energia solar da Caixa?

O Crédito Pessoal Caixa Energia Renovável para pessoas físicas financiarem sistemas de energia solar já está disponível.

A linha de crédito possibilita o financiamento de kits fotovoltaicos residenciais, além dos custos de instalação com taxas a partir de 1,18% ao mês.

Segundo a Caixa Econômica Federal, o financiamento poderá ser de até 100% do projeto, limitado à capacidade financeira do cliente. O valor mínimo do empréstimo é de R$ 5 mil e o máximo é de R$ 120 mil.

O desembolso para pagamento dos equipamentos ocorrerá diretamente ao fornecedor cliente Caixa. O prazo é de até 60 meses, com carência de até 6 meses para o vencimento da primeira parcela. 

O Canal Solar apurou junto à Caixa Econômica Federal as principais dúvidas a respeito da linha de crédito da Caixa. Confira.

Qualquer pessoa pode contratar o Crédito Pessoal Caixa Energia Renovável?

Para a contratação da linha de financiamento é preciso ser correntista da Caixa e não ter nenhum empréstimo em atraso com o banco. Para a liberação do crédito será feita uma análise de crédito. 

Banco do Nordeste e APER assinam acordo que garante financiamentos para uso de energia solar

Banco do Nordeste e APER assinam acordo que garante financiamentos para uso de energia solar

A diretoria da Associação Potiguar de Energias Renováveis – APER, juntamente com seus associados, participaram na manhã desta quinta-feira (29) de um momento muito importante: a assinatura de um acordo de parceria com o Banco do Nordeste – BNB. A solenidade aconteceu na sede da Superintendência do banco no bairro de Tirol, em Natal.

O objetivo do Acordo é agilizar todo o processo de cadastro, aprovação e liberação dos créditos por parte dos clientes das empresas associadas da APER, em todo o estado do Rio Grande do Norte, tanto pessoas físicas quanto jurídicas, de modo muito mais rápido do que ocorria até então. Para isso, já foram realizados projetos-piloto e o banco oferecerá treinamento para representantes de todas as empresas associadas, além de disseminar os termos do Acordo e o processo operacional junto a todas as suas agências.

Diretoria da APER participa de reunião com a Fecomércio e Cosern

Diretoria da APER participa de reunião com a Fecomércio e Cosern

A energia solar foi o assunto em pauta na reunião promovida pela Federação do Comércio, a Diretoria da Associação Potiguar de Energias Renováveis – APER e a participação da Cosern, na última terça-feira (20). Na ocasião, a Cosern afirmou seu desejo na busca de soluções, discorreu sobre seu desempenho técnico, financeiro e apresentou indicadores de desempenho.

A APER, que a convite da Fecomércio já havia apresentado à Federação uma série de reclamações catalogadas a partir de pesquisa realizada junto às empresas associadas, reiterou os pontos de reclamação já apontados e solicitou à Cosern agilização na solução dos problemas, que vêm trazendo impactos aos consumidores, como: melhoria no processo de atendimento, agilização na execução de obras, melhoria no processo de envio de informações aos clientes e solução para as variações de tensão verificadas em diversos condomínios, dentre outros.

APER divulga Edital de Convocação de Eleição para nova diretoria

APER divulga Edital de Convocação de Eleição para nova diretoria

 

A Associação Potiguar de Energias Renováveis – APER vai realizar eleição para escolha da nova Diretoria Executiva e os Conselhos Deliberativo e Fiscal, para gestão 2023/2024. A Assembleia Geral de Eleição será realizada no dia 17 de outubro de 2022, por meio de ambiente virtual, às 16h em primeira chamada, e às 16h30, em segunda e última chamada. O link será enviado para os associados através de e-mail e WhatsApp de uma semana antes da Assembleia.

O Presidente, Max Diógenes Assunção Pereira, convoca todos os associados para participação do processo de eleição, conforme previsto no Estatuto Social da APER. Podem votar e serem votados os associados efetivos, desde que em dia com suas obrigações para com a APER.

Consumidores correm para garantir isenção de placa solar no Brasil; veja o que fazer

Consumidores correm para garantir isenção de placa solar no Brasil; veja o que fazer

A menos de 4 meses para o fim do prazo de isenção na taxa de distribuição de energia solar, o setor viu uma corrida pela validação e instalação dos projetos. O Marco Legal da Geração Distribuída, sancionado neste ano, estabelece regras para a produção da própria energia, como no caso da solar fotovoltaica. De acordo com o texto, quem fizer a instalação de energia solar em até 6 de janeiro de 2023 será isento de encargos pelos próximos 23 anos.

“O consumidor que pedir e realizar o procedimento até o dia 6 de janeiro tem isenção. Passado esse período, ele terá que pagar um pedágio de toda a energia que colocar na rede”, explica Bárbara Rubim, vice-presidente da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica).

‘Taxação do sol’: você tem menos de seis meses para instalar energia solar antes do início da nova cobrança

‘Taxação do sol’: você tem menos de seis meses para instalar energia solar antes do início da nova cobrança

Pensa em instalar painéis solares em casa? Então é bom correr. Em janeiro de 2023, economia na conta de luz para quem adota energia fotovoltaica ficará menor com o início de uma nova cobrança

Se você pensa em instalar energia solar fotovoltaica na sua casa, é bom se apressar. Você piscou, e agora faltam menos de seis meses para entrar em vigor a cobrança que foi apelidada de “taxação do sol”.

Logo desktop

 

ASSOCIAÇÃO POTIGUAR DE
ENERGIAS RENOVÁVEIS

Endereço

Rua Raimundo Chaves, 2.182 - sala 501 - Empresarial Candelária - Lagoa Nova - CEP 59064-390 - Natal / RN

Contato

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Contato

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
Digite o código abaixo.
Entrada Inválida